6 comentários:
De Júlia a 12 de Janeiro de 2009 às 17:39
Caro amigo Lopes
Agradeço muito a lembrança de me fazer o desafio sobre as 10 coisas que sonho fazer.
Só que não sou capaz de as mencionar. Nunca fui muito de sonhos. Sou muito terra-a-terra e vou concretizando coisas, realizando alguns projectos que me vão ocupando o tempo de aposentada e me ajudam a não morrer de tédio neste fim de mundo onde vivo actualmente.
Veja o que me aconteceu com as duas fotos que publiquei: o momento foi propício, eu estava lá e tinha a máquina. Foi só disparar.
Há coisas que gostaria que acontecessem, mas não são propriamente sonhos. Gostaria de não ter de ver o que está a ser feito neste país no que respeita ao património natural e edificado, gostaria que ele fosse governado (sobretudo a nível local) com mais competência e mais saber...
E, depois, há tudo aquilo que desejamos para a família e amigos.
Um grande abraço
De A VER NAVIOS a 12 de Janeiro de 2009 às 19:56
Compreendo perfeitamente.
Obrigado pelo seu contacto e pela sua compreensão.
Um pouco de ânimo. Creia que vai ser preciso ao longo deste ano.
Força,
J. Lopes
De artesaoocioso a 12 de Janeiro de 2009 às 20:39
Caro J. Lopes

Cá estou a fazer a visita.
Agradeço o convite e vou tentar colaborar.
Para mim é difícil porque os problemas de saúde, meus e da minha mulher, complicam bastante o dia a dia e fica pouco espaço para a blogosfera .
A situação da minha mulher é a mais complicada
porque tem um doença neorológica e estamos a
tentar encontrar uma saída num hospital de Paris,
especializado nesta área
Vou fazer alguma batota nas regras do jogo.
Cumprimentos
De A VER NAVIOS a 13 de Janeiro de 2009 às 09:32
Amigo, quando se está com problemas sérios como os que aponta, tudo e resto, perde significado.
Barimbe-se no desafio e prossiga com a resolução das questões de saúde.
Que tudo corra como deseja.
Boas melhoras.
Um abraço,
J. Lopes
De terrasgondomil a 13 de Janeiro de 2009 às 11:32
Agradeço o desafio. Vou tentar realizá-lo. Cumprimentos
De A VER NAVIOS a 13 de Janeiro de 2009 às 11:33
Ok. Obrigado.
Bom ano,
J. Lopes

Comentar post