7 comentários:
De daplanicie a 30 de Dezembro de 2008 às 11:13
Não desejando ser pessimista, também tenho a suspeita de que o próximo ano vai ser "mais do mesmo"...se não for pior!
Cumprimentos e...BOM ANO!!
De A VER NAVIOS a 30 de Dezembro de 2008 às 14:03
Pessimistas, nunca somos.
O problema é quando começamos a sentir que pessimismo e realismo são sinónimos.
Um ano, o melhor pssível.
J. Lopes
De João Nuno Sequeira a 31 de Dezembro de 2008 às 22:10
Amigo Lopes

Mil desculpas pela minha ausência no seu Blogue.

Um milhão de votos de felicidades para o ano que se avizinha.

Quando chegar a hora dos murros, dê-me um toquezito. Concerteza estaremos no mesmo lado da barricada.

Aquele Abraço

João Nuno Sequeira
De A VER NAVIOS a 1 de Janeiro de 2009 às 11:25
Obrigado pela sua visita.
Um bom ano.
Quanto ao resto, não me esquecerei de lhe dar um toque, até porque amos ser precisos uns tantos.
Abraço,
J. Lopes
De Natalia a 5 de Janeiro de 2009 às 14:33
Quem sabe não deixamos um pouco de lado as coisas e nos concentremos e modificar o que se faz necessário em nossas vidas para melhor não apenas a nossa situação, mas para poder atuar como pessoas melhores e mais dispostas?
Embora pessimismo e realismo não sejam sinônimos, estão a andar juntos ultimamente. E sempre que penso nisto, lembro de Goethe, quando diz que há apenas uma pequena parcela de mudança que cabe a nós: Nós mesmos.
Feliz Ano-Novo a todos!
De Natalia a 5 de Janeiro de 2009 às 14:34
Opa!
Errata: DEIXEMOS um pouco de lado as coisas e nos concentremos EM modificar...
De A VER NAVIOS a 5 de Janeiro de 2009 às 17:36
Obrigado pela visita a pelo seu positivo comentário.
Áreas há em que apesar de todas as uniões de esforços, com o decorrer do tempo, as coisas voltam ao mesmo.
Não é fatalismo nem destino. Será comodismo? Talvez!
Bom ano de 2009.
J. Lopes

Comentar post