10 comentários:
De meldevespas a 27 de Março de 2008 às 10:31
Os meus mais sinceros sentimentos, para si, e para a sua esposa.
Bem o compreendo quando diz que não importa as condições em que ocorram, estas situações acabam por nos apanhar sempre de surpresa, nunca se está preparado para a separação.
No ano passado por esta altura calhou-me também a mim, com o falecimento do meu sogro, e a verdade é que as cicatrizes teimam em prevalecer, apesar de ser esta a lei da nossa existência.
Beijinhos
De A VER NAVIOS a 27 de Março de 2008 às 15:12
Muito obrigado pela sua visita e pela sua atenção.

Comentar post