10 comentários:
De sunshine a 26 de Março de 2008 às 14:15
Em primeiro lugar, os meus sentimentos. Sinto muito. Independentemente da idade é sempre alguém que fazia parte de uma família, que ficou mais "pobre". Ainda que por vezes, seja mais doloroso assistir ao sofrimento do que à perda. Quando já não existe qualidade de vida, deixa de fazer sentido.
Beijinhos, e é isso, a vida tem que continuar
De A VER NAVIOS a 26 de Março de 2008 às 16:29
Obrigado.
O caso era mesmo o de viver vegetando e roubando a qualidade de vida aos familiares mais próximos.
Beijinho,
J. Lopes

Comentar post