VISITE O MEU OUTRO BLOGUE: http://avernavios-fotos.blogs.sapo.pt

Anúncios

Segunda-feira, 26 de Abril de 2010

ESTAMOS FEITOS UNS CARRANCUDOS:

É verdade, estamos feitos uns carrancudos! E não me venham dizer que é da crise e das dificuldades. Há muito que somos assim. É uma questão cultural e de educação.

Quem vem de fora acusa-nos de cinzentos e tristes, em contraponto com o nosso clima que, na maior parte do ano é ameno e alegre.

Temos uma dificuldade tremenda em cumprimentarmos quem não conhecemos, negando a alegria que uma nova manhã deveria transmtir.

Muitas vezes um simples "bom dia" sempre tão agradável, é trocado por um envergonhado olhar para o chão ou, ainda pior, por uma troca de olhares carrancudos, quase ameaçadores.

Se estivermos num café, ou na sala de pequeno almoço de um hotel, facilmente identificamos os portugueses. Se um nórdico distribui sorridente "good morning's" a toda a gente, lá vem o espanhol, com os seus "buenos dias" repetidas em cada mesa porque vai passando. Quanto aos portugueses... "moita carrasco".

Durante o dia as situações vão-se repetindo, sempre com desvantagem para nós.

Eu reconheço que já tive de modificar o meu comportamento, alinhando agora comodamente pela maioria. E isto porque, como resposta à minha saudação matinal, recebi agradáveis olhares surpresos, com tímida e baixinha resposta, mas recebi acima de tudo, olhares interrogativos, do género (donde é que eu te conheço?) logo seguidos de transformação facial para expressão intimidatória, quase ameaçadora.

As coisas complicam-se quando cumprimentamos, sorrimos, ou fazemos uma festa a uma criança. Aí creio que ficamos mesmo sujeitos a olhares reprovadores que ferem, a roçarem quase a representação de vontade de agressão física.

Será que os papás e mamãs de hoje pensam que todos somos pedófilos? Se não, sinceramente, até parece.

Chego a pensar  como era bom o tempo em que na minha pequena cidade natal, toda a gente se conhecia e o cumprimento matinal e não só, era uma obrigação social, reveladora de aducação.

Embora não sendo crente, recordo com muita saudade o "salve-o Deus" que a minha mãe usava, por troca com o "bom dia".

Não tenho a pretensão de querer criar um movimento que faça retomar estes bons hábitos, mas tenho a certeza que o seu uso faria modificar algumas faces carrancudas, que vemos nas chegadas aos empregos, ou em simples cruzamento de pessoas nas nossas ruas.

E já agora, um bom dia para todos.

 

 

 

 

 

sinto-me: Pois....
publicado por A VER NAVIOS às 15:29
link do post | Gostava que comentassem | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Setembro de 2007

A (DES)EDUCAÇÃO EM PO...

Nas notícias de ontem, tinhamos o Sr. Primeiro Ministro a anunciar melhorias significativas nos dados da educação, que e...

Ler artigo
sinto-me:
publicado por A VER NAVIOS às 09:54
link do post | Gostava que comentassem | ver comentários (8) | favorito
|

Anúncios

ESTÃO POR CÁ

web stats

mais sobre mim

pesquisar

 

Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

posts recentes

ESTAMOS FEITOS UNS CARRAN...

A (DES)EDUCAÇÃO EM PORTUG...

arquivos

tags

todas as tags

Advogados RJ
Advogados RJ

as minhas fotos

Advogados RJ
Advogados RJ